Uma sereia na luta contra a poluição dos mares

Crianças e adultos com celulares posicionados. Cliques e gritos acompanham cada mergulho da estudante de biologia marinha Isabela Cardoso, 21 anos, no tanque principal do Aquário do Rio de Janeiro (AquaRio), na zona portuária da cidade. Em todas as vinte quatro vezes que Isabela mergulha com sua cauda rosa e azul, todos os olhares e a atenção do público se voltam para a mensagem trazida pela sereia carioca: o lixo é o grande vilão dos mares. A brincadeira de criança de se manter o máximo possível de tempo debaixo d’água virou profissão desde 2017 nos tanques do Aquário do Rio de Janeiro.

Fonte: Bol – Uol