Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Pragmatismo Inteligente

Será que as famosas “águas de março”, que nesse ano ainda não rolaram, se tornarão também apenas lembranças românticas como as boas chuvas diárias, com hora marcada, nos verões das serras cariocas? São Paulo há muito perdeu o título de “Terra da Garoa” e hoje enfrenta grave crise hídrica. Chuvas torrenciais, fora de época, desabando e castigando cidades em todos os cantos do Planeta. Na Europa, surtos de calor insuportável teimam em tropicalizar a França e a Espanha. Ou seja, indiscutivelmente, as mudanças climáticas já são uma realidade para todos nós.

 

 

E enquanto os cientistas não decidem se o aquecimento global é motivado pelo cíclico e natural aquecimento do Planeta ou pelos séculos de emissões de gases poluentes na atmosfera, até porque o mais provável é que a causa seja uma soma dos dois fatores, sofremos ou vemos os outros sofrerem com as mudanças climáticas que esmurram nossas portas.

Ainda assim, não podemos e não devemos ser radicais nessas questões. O pragmatismo inteligente e consciente pode ser uma arma muito mais eficaz nas questões ambientais de hoje.

Pode não ser muito, ou não o suficiente, mas felizmente há pessoas, organizações e entidades trabalhando, de forma positiva e sensata, para salvar e conservar ecossistemas (e animais), para produzir energias e processos mais limpos e para incentivar o consumo consciente, a redução do desperdício, a reciclagem e o reuso. Ou para simplesmente educar.

Junte-se a eles e acredite: podemos fazer algo em favor da Preservação da Natureza. Não fique parado. Envolva-se.

 

Sobre Marcelo Szpilman

Marcelo Szpilman, biólogo marinho, é autor de oito livros publicados, sendo cinco nas áreas de peixes, tubarões e outros seres marinhos. É o idealizador, fundador e presidente de honra do AquaRio e diretor-presidente do Instituto de Conservação Marinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você também curta: