Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nota de falecimento da Carla, elefanta asiática do BioParque do Rio

Viemos a público informar, com pesar, a morte da elefanta asiática Carla, que vivia no BioParque do Rio desde 2011.

O corpo de especialistas do BioParque, com o suporte técnico da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB), já vinha acompanhando as condições de saúde da elefanta há meses, já que se trata de um animal idoso. Embora não se saiba ao certo, estima-se que Carla já tivesse entre 50 e 60 anos, idade considerada avançada para a espécie. Sob cuidados humanos, somente 1% dos elefantes asiáticos ultrapassa 50 anos e a longevidade de Carla era considerada uma situação pouco comum. A causa será confirmada por uma junta médica especializada.

Carla chegou ao então RioZoo em 2011, após uma conturbada fuga do zoológico do município de Salete, em Santa Catarina, e desde então, encontrou no local carinho e tratamento digno.

Dentro de poucos meses, Carla dividiria um espaço 10 vezes maior que o atual com Koala, a outra elefanta da mesma espécie que atualmente vive no parque. Essa integração era um antigo sonho do corpo técnico e da direção do parque que se dedicou com amor e carinho até seu último minuto de vida.

Dela, ficarão ótimas lembranças e também prestaremos as devidas homenagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você também curta: