Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Qual a diferença entre conservação e preservação?

No Dia Mundial de Conservação da Natureza, data criada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, vamos acabar com uma dúvida muito comum: a diferença entre PRESERVAÇÃO e CONSERVAÇÃO

Você provavelmente já se perguntou qual a diferença entre esses dois termos ou então achou que eles significavam a mesma coisa. Essas duas palavras, apesar de parecerem sinônimas, trazem consigo significados diferentes e muito importantes para a conscientização ambiental. Se você não sabe, vem com a gente! 

Você gosta de aprender assuntos nós? Então venha conhecer o curso Pequenos Selvagens. Nele você aprende temas como enriquecimento ambiental e condicionamento animais voltado para animais domésticos. Tudo de forma simples, online e ministrado pelo profissionais do BioParque do Rio especializado em bem-estar e qualidade de vida animal.

Adquira o seu: https://bit.ly/3Ez2hKb

 

Preservação

Preservar é manter as características próprias de um ambiente, sem fazer qualquer tipo de alteração. Basicamente, é deixar a natureza seguir seu curso sem nenhuma interferência humana, afinal, ela sobrevive muito bem sem a gente. Os ciclos da natureza são perfeitamente interligados e permitem um equilíbrio ecológico ideal para que tudo funcione corretamente. A preservação é fundamental em locais de biodiversidade sensível.

 

Conservação

A conservação permite o desenvolvimento socioeconômico aliado ao cuidado com a natureza. É através dela que desenvolvemos, por exemplo, a agricultura sustentável.

Ou seja, através de metodologias e cuidados específicos é possível a utilização sustentável dos recursos naturais de uma região. Um bom exemplo desse conceito são as Unidades de Conservação (UCs) e reservas extrativistas, onde comunidades locais podem explorar os recursos naturais de forma responsável. Se você não sabe o que são as Unidades de Conservação (UCs), clique aqui!

 

Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha – Unidade de Conservação (UC)

 

E aí, entendeu a diferença?

Basicamente, a principal diferença entre preservar e conservar é que, enquanto o primeiro significa manter a natureza intocável, o segundo significa utilizar os recursos naturais de uma região de forma responsável. 

Os dois conceitos são extremamente importantes para estabelecermos uma relação saudável com a natureza, lembrando que um não é mais ou menos importante que o outro.

 

Sobre o Grupo Cataratas

Somos a principal empresa de ecoturismo do Brasil, responsável pela gestão de visitação de atrativos de natureza e parques nacionais mais importantes do país, como: Parque Nacional do Iguaçu (Cataratas S/A)Parque Nacional da Tijuca (Paineiras Corcovado) e Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (EcoNoronha). As outras operações são: Aquário Marinho do Rio, BioParque do Rio e Marco das Três Fronteiras.

Somos uma empresa com foco no Impacto Positivo e que busca, entre várias objetivos, levar entretenimento através do turismo sustentável.

 

Não perca as nossas dicas e novidades! Siga a gente nas nossas redes sociais.

Instagram | Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Talvez você também curta: