Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Curiosidades sobre o maior aquário da América do Sul: o AquaRio!

Hoje nós vamos te apresentar algumas curiosidades sobre o Aquário Marinho do Rio que provavelmente você não sabia. Vem com a gente saber mais!

O AquaRio, focado no bem-estar animal, tem como seus três pilares  a educação, a pesquisa e a conservação. Muito mais que um lugar para passear, o maior aquário da América do Sul busca ser um grande local de aprendizado para pessoas de qualquer idade! 

Lembrando que o AquaRio, assim como todos os atrativos do Grupo Cataratas, encontra-se fechado para visitação turística desde o dia 18 de março, devido à pandemia. 

 

1- O AquaRio abriga quase 4 mil animais marinhos

Lá estão abrigados quase 4 mil animais marinhos de 350 espécies diferentes, que são encontrados nos 28 recintos e divididos de acordo com a atmosfera marinha durante todo o circuito de visitação.

2 – Nascimento de bebês tubarões no AquaRio

Desde o início de 2017, ano de inauguração do parque, até a metade de 2020, já foram contabilizados cerca de 70 nascimentos de tubarões no Aquário Marinho do Rio de Janeiro!

Na maternidade do AquaRio, os recém-nascidos recebem todos os devidos cuidados e são acompanhados desde o seu primeiro dia de vida pela equipe especializada de biologia e veterinária para evitar problemas e garantir que eles cresçam bem e saudáveis! 

Saiba mais sobre o nascimento dos bebês tubarões! 

 

3- Reconhecimentos e certificações internacionais  

A WAZA (World Association of Zoos and Aquariums) é a principal associação de zoológicos e aquários do mundo. Esse reconhecimento veio no início deste ano.  A certificação é o reflexo do trabalho exercido no AquaRio com excelência, por parte de todas as equipes. Saiba mais sobre essa certificação! 

 A ALPZA, representante latino-americana da WAZA, promove e certifica importantes programas de conservação para a biodiversidade da América Latina, que inclui as instituições zoológicas mais prestigiadas e influentes dessa região. Uma conquista que também aconteceu no início de 2020, saiba mais! 

O prêmio Friend of the Sea é um projeto que garante a certificação para quem promove sustentabilidade em diversas categorias de produtos e serviços relacionados ao mar. Em 2019, o foco estava nos aquários do mundo todo. E o AquaRio foi o primeiro aquário do mundo que recebeu esse prêmio, um grande orgulho para nós!

4 – Certificação em bem-estar animal

O AquaRio foi a primeira instituição do Brasil (dentre todos os zoológicos e aquários) a receber a certificação de bem-estar animal dada pela AZAB (Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil) em parceria com a Wild Welfare (entidade britânica que certifica bons aquários e zoológicos no mundo todo).

 

5- A maior sala de aula da América do Sul

Em 2017, o projeto Visita escolar no AquaRio nasceu, tendo como principal objetivo apresentar uma sala de aula diferente para os alunos. Desde então, o aquário recebeu mais de 100.000 alunos das redes pública e privada.

Devido à pandemia, o projeto de visita escolar encontra-se paralisado, assim como todas as atividades e visitação no AquaRio. Mas fica a dica aos educadores para quando tudo voltar ao normal, né?

 

6- Espécies curiosas que vivem no AquaRio

Com cores exuberantes e espinhos, o Peixe-leão-zebra não tem nada de inofensivo. Essa espécie é carnívora e venenosa e possui espinhos em seu corpo que podem ser perigosos aos que se aproximam. Um peixe bastante curioso!

No AquaRio existem 3 tubarões Mangona, da espécie Carcharias taurus. Uma curiosidade dessa espécie é que as fêmeas costumam ser maiores do que os machos por conta da sua reprodução. A Margarida é um dos tubarões Mangona que vivem lá, venha conhecer sua história e saber como chegou no maior aquário marinho da América do Sul! 

Além do Tubarão Mangona e do peixe leão, o AquaRio também abriga o incrível caranguejo-aranha-gigante.

Habitante dos mares profundos do Japão, este caranguejo é o maior crustáceo do mundo, podendo atingir inacreditáveis 2 metros de comprimento. Por viverem em águas profundas, a temperatura da água ideal para eles é de aproximadamente 9°c. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você também curta: