Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Abu, o filhote de macaco-prego-do-peito-amarelo que nasceu no BioParque do Rio!

O mais novo membro do BioParque do Rio nasceu e é um sinal de esperança. Isso porque, o macaco-prego-do-peito-amarelo está criticamente em perigo de extinção, de acordo com a União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN). Nesses anos, buscamos a Educação, Pesquisa e Conservação. O nascimento dele é o resultado de projetos de conservação da biodiversidade que o BioParque do Rio desenvolve.

 

 

Não tem como não se apaixonar, né?

 

Abu, que foi nomeado em referência ao macaco do filme Aladdin, da Disney, nasceu pesando pouco mais de 250g. Hoje, com menos de dois meses de vida, bem cuidado e alimentado, já está pesando 540g. Ele faz parte das 25 espécies ameaçadas de extinção que foram escolhidas como primordiais para serem cuidadas e preservadas em projetos por todo o Brasil. As espécies foram selecionadas em uma parceria entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da biodiversidade (ICMBio) e a Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB).

A espécie tem como hábitat natural a Mata Atlântica, mas se adapta facilmente a outros locais do Brasil. Essa região vem sendo impactada e sofrendo nos últimos anos com desmatamento e incêndios. A partir disso o ICMBio incluiu a espécie como alto risco de extinção. O macaco-prego-do-peito-amarelo vive nas copas das árvores e tem uma alimentação bastante variada, consumindo flores, frutos e até pequenos répteis.

 

 

Quer saber mais sobre o Abu e diversas outras espécies e trabalhos que o BioParque do Rio faz? É só clicar aqui!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você também curta: