Consumo responsável: Quais espécies de peixes são liberadas para consumo?

No Dia do Pescador, criamos uma lista que vai te ajudar a decidir qual peixe irá para a mesa da sua casa e fará parte da dieta alimentar da sua família

Nós classificamos eles em: peixes liberados para o consumo, peixes que devemos tirar com urgência da nossa dieta pois correm sério risco de extinção e os moderados, que podemos comer desde que respeitemos o período de defeso (período estabelecido de acordo com a época em que os animais se reproduzem na natureza).

Lembramos que a atividade pesqueira é muito importante para a economia e para fornecimento de alimento para a população. Porém, é importante termos em mente quais peixes correm sério risco de extinção para não acelerarmos ainda mais esse processo. 

Pequenas ações geram grande mudanças. Por que não começar pelo alimento que colocamos na nossa mesa? Confira a lista! 

 

1 – Peixe-espada – Liberado

A espécie Trichiurus lepturus, ocorre em todo o litoral brasileiro e é um cosmopolita nos mares tropicais e temperados quentes. De cor prateada-azulada sua carne aparece com frequência em alguns mercados. Os pescadores devem tomar cuidado no manuseio do peixe vivo, pois suas mordidas podem provocar sérias lesões.

2- Garoupa – Moderado 

As garoupas são peixes encontrados em águas tropicais do Atlântico, aqui no Brasil sua ocorrência vai variar de acordo com a espécie. Vivem solitárias em tocas, ou em grupos de até três indivíduos. São ariscas em águas rasas, porém quando encontradas em águas mais fundas permitem aproximação.

 

3-  Cação – Não Consumir, sério risco de extinção.

Os tubarões vendidos comercialmente como cação são peixes muito comuns de encontrar em mercados, peixarias e feiras, seja fresco, salgado ou congelado. A maioria das espécies estão em risco de extinção, não só devido ao consumo alimentar, mas também por usá-los de base para cremes, comprimidos e até para confecção de couro. 

Estes animais têm função de extrema importância no equilíbrio do ecossistema marinho, por ocuparem o topo da cadeia alimentar. Estes animais também são grandes acumuladores de metais, que podem trazer prejuízos a nossa saúde.

 

Confira a lista completa com mais de 25 espécies de peixes!

 

Sobre o Grupo Cataratas

Principal empresa de ecoturismo do Brasil, o Grupo Cataratas é  responsável pela gestão de visitação de atrativos de natureza e parques nacionais mais importantes do país, como: Parque Nacional do Iguaçu (Cataratas S/A), Parque Nacional da Tijuca (Paineiras Corcovado) e Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (EcoNoronha). Suas outras operações são: Aquário Marinho do Rio, BioParque do Rio e Marco das Três Fronteiras.

One Response

Deixe seu comentário

Talvez você também curta: