RioZoo fecha para visitação no próximo fim de semana e retorna em 2020 com muitas novidades!

O Zoológico do Rio será fechado para obras a partir desse sábado, dia 30, até que a primeira etapa das obras seja concluída.

A medida visa garantir a segurança dos visitantes enquanto grandes intervenções são feitas. Quando ficar pronto, o RioZoo será um novo marco para o turismo de natureza da cidade, com importantes projetos de Educação, Pesquisa e Conservação, a exemplo dos que são promovidos pelo AquaRio, outro ativo administrado pelo Grupo Cataratas.

“Nesse momento, precisamos garantir a segurança dos visitantes. Temos uma obra grande e desafiadora que requer muita cautela, por isso, vamos encerrar a visitação momentaneamente para num futuro bem próximo devolver à população um zoo de padrão internacional”, declara Fernando Menezes, diretor do parque.

O Zoo se tornará um Centro de Pesquisas em vida animal de padrão internacional e ganhará um Plano de População, que tem por objetivo servir de banco genético de espécies, projetos de conservação e refaunação (futura devolução de espécies aos seus habitats de origem), inserindo-o num seleto grupo de instituições internacionais que terão protagonismo na “Década da Restauração” (2021 – 2030).

Bioparques e bons zoológicos do mundo todo terão um papel de destaque na restauração da biodiversidade nos próximos anos, seja promovendo pesquisas científicas sobre a genética e o comportamento dos animais, ou mesmo colocando em práticas projetos de refaunação de espécies que desapareceram da natureza.

Com conclusão das obras da primeira etapa prevista para o primeiro trimestre de 2020, o parque reabrirá parcialmente, proporcionando uma experiência imersiva e inédita nos ambientes Aventura Selvagem, das Aves e na Fazendinha para, posteriormente, reabrir os demais espaços.

Além de sua estrutura e formato, o RioZoo também irá modificar por completo a experiência de todos que visitarem o parque, proporcionando uma grande imersão na natureza em conjunto com alta doses de educação ambiental. Saem as grades do antigo projeto e entra em cena um novo conceito de utilização do espaço e de cuidados com os animais, com integração ao ambiente, juntamente com outras espécies que coabitam biomas em ambiente natural.

O projeto contempla o ambiente das aves, um grande viveiro com cerca de três mil metros quadrados, que abrigará mais de cem espécies de aves, divididas em biomas. O visitante terá a sensação de imersão em uma grande floresta tropical!

 

 

SOBRE O GRUPO CATARATAS

O Grupo Cataratas é a principal empresa de turismo sustentável do Brasil. Fundada em 1999 com o objetivo de prover a gestão de visitação no Parque Nacional do Iguaçu e no lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu, a empresa também opera a Concessionária EcoNoronha, no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, Marco das Três Fronteiras, em Foz do Iguaçu, a Paineiras Corcovado (vans oficiais que fazem o transporte até o Alto Corcovado no Parque Nacional da Tijuca) e o Aquário Marinho do Rio.

Eleita este ano, pela terceira vez, a concessionária mais sustentável na área de Turismo e Hotelaria no Brasil pela Revista Exame, o Grupo Cataratas tem por missão gerar impacto positivo por meio de experiências transformadoras, ressignificando a relação das pessoas com a natureza para gerar uma consciência de conservação.


O Grupo Cataratas é a maior concessionária de Turismo Sustentável do Brasil, e atuamos na administração dos parques: EcoNoronha, em Fernando de Noronha, Cataratas do Iguaçu e Marco das Três Fronteiras, em Foz do Iguaçu, Paineiras CorcovadoAquaRio e RioZoo, no Rio de Janeiro.